ABPM NA INTERNET:

Nossos Seguidores

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Ana Amélia pede apoio à produção nacional de maçã

   
Da Redação e Da Rádio Senado | 08/10/2015, 16h12 - ATUALIZADO EM 08/10/2015, 17h01
Jeferson Rudy/Agência Senado

A senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou hoje (8) do governo a manutenção dos recursos do seguro Garantia-Safra e para a sanidade vegetal, especialmente na cadeia produtiva da maçã. Segundo ela, o setor conquistou destaque no mercado mundial devido ao alto controle fitossanitário. E isso não pode ser perdido por falta de recursos.
Ela também alertou que a produção nacional da fruta pode ficar comprometida devido à competição predatória do mercado chinês. Ana Amélia explicou que o país asiático pressiona o Brasil para comprar a caixa por R$ 34, o equivalente ao custo de produção da maçã aqui, o que pode comprometer o trabalho de mais de 200 mil famílias, somente no Rio Grande do Sul.
A senadora afirmou ainda que, no processo de produção de maçã na China, são usados produtos químicos proibidos no Brasil e isso pode comprometer a saúde dos consumidores brasileiros.
A parlamentar gaúcha informou também que o governo chinês subsidia em US$ 292 bilhões os seus produtores, o que torna desigual a competição com o país asiático.
- O governo federal precisa dar a atenção devida a este segmento da nossa agricultura, que tem, mesmo num período de crise, ampliado as exportações e alavancado o desenvolvimento de toda a economia. No ano passado, o Brasil exportou mais de 32 milhões de dólares de maçãs frescas e 22 milhões de dólares em suco de maçã.
TCU
Ana Amélia afirmou também que a decisão do Tribunal de Contas da União de rejeitar, por unanimidade, as contas de 2014 do governo da presidente Dilma Rousseff mostra que as instituições estão em pleno funcionamento e que o regime democrático está consolidado no país.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!